Netsobreaprendendomuito89's website

Our website

08
Au
Usando O Google Drive Para Fazer Sorteios
08.08.2018 07:44


Sergio Ricardo Rocha


Em tempos corridos, 2 anos é muito e, de lá para cá, mudou quase tudo no universo social corporativo, com o foco de cada máquina de pesquisa apontar milhares de hiperlinks pra "estratégias de redes sociais". Tantas que é muito descomplicado se perder logo no começo da busca por uma, efetiva, pra teu negócio.


Toda conversa (corporativa) seria social, naturalmente viral e os processos de negócio, internos e externos, realizados em comunidades nas redes sociais, inclusive -e principalmente- as formadas ou lideradas pelo negócio. Atingir esse nível, ou mesmo uns dois ou 3 abaixo, não é fácil. Poderá conduzir anos, até porque redesenhar processos organizacionais pra torná-los sociais vai, na maior parte dos casos, entrar em choque com a máquina (antissocial) da empresa. Uma disputa entre comando e controle, quase sempre super bem determinados, e conectividade e interação pra construção coletiva.


O efeito é popular: empresas lançando uma estratégia "social" no tempo em que proíbem o emprego de redes sociais pelos colaboradores no recinto de serviço, alegando que o "social" que promovem (pros outros) interfere pela "produtividade" (dos seus). Poderá até ser que redes sociais tenham um impacto negativo em negócios onde as pessoas estão mais interessadas nas imagens e nas fofocas do encerramento de semana do que nas metas da semana, mês ou ano.


  1. 89: Quais são as melhores azeitonas, pretas ou verdes

  2. 4° Formar Hotmail (Conta)

  3. Usar elementos rústicos na decoração

  4. Mais lidas na semana



Aí, é possível que o trabalho não tenha motivo. Quem sabe as pessoas sejam apenas divisão de um modo, que não se compreende pra onde vai nem ao menos se chega em um local, cada ambiente. Aí que a "estratégia social" da maioria das empresas é de ceder pena. Em quase todas, é só um "goste de mim" numa mídia social. Como se social fosse unidirecional, por sinal.


Twitter salvasse o negócio. Ainda são poucos e raros os casos em que há uma tentativa sincera e articulada de utilizar métodos, processos, arquiteturas e sistemas sociais para agregar valor real aos compradores e aos clientes, inclusive os potenciais. E isso pode ser mais claro do que parece. Pergunte-se qual deveria ser a estratégia social do teu negócio e a resposta nunca estará muito longínquo destes 5Cs: montar conexões entre colaboradores, consumidores e freguêses. Redes sociais verdadeiras eliminam assimetria de dado, e isso, pela prática, aproxima pessoas.


Ou, de forma mais ampla, todo tipo de agente, inclusive no mercado. Mais conectividade, para mais interação e consequente constituição coletiva de entendimento, aproxima tudo e todos, para melhor ou pra pior. Se tua oferta de valor, para seu mercado, é verdadeira, conecte-se a tudo e a todos, inclusive internamente, eliminando as restrições de acesso às redes sociais em sua corporação.


Mais um passo pela direção certa. E depois que Zooropa 93 findar Bono imediatamente divulgou que esta turnê só acaba definitivamente depois que a banda tiver tocado nos cinco continentes. Resta sendo assim os países do Pacífico - que eventualmente receberão uma versão um tanto diferente da excursão ainda este ano - e América Latina.


Tanto os fãs de “Sunday Bloody Sunday” quanto os de “The Fly” irão estranhar. A nova parceria do U2 com Brian Eno - produtor que fez o estouro da banda de The Unforgettable Fire para frente - vai mais afastado do que cada supergrupo já foi. Zooropa, o disco, é a cara de Zooropa 93, a tour - uma superprodução que embaralha inteiramente o que se espera do U2 com o que o grupo espera de si mesmo.

Comments


Free website powered by Beep.com
 
The responsible person for the content of this web site is solely
the webmaster of this website, approachable via this form!